16 de setembro de 2016

THIS WEEKEND


este filme, palma de ouro no festival de Cannes;
esta e esta series, a primeira para nós terminou ontem (Pablo we will miss you!!), a segunda vai ser a substituta;
esta casa, tirando as cenas em cima da lareira e da banheira, esta casa é perfeição!!

Fim de semana cheio de aniversários à porta, vai saber bem depois de uma semana louca, de últimos ajustes e finalizações na nova coleção que aí vem, e de preparativos para a festinha dos miúdos.
Entre todas essas coisas, e não fosse eu Gémeos e quisesse estar sempre a mudar tudo de sítio, ainda arranjei tempo para novas decorações cá por casa.
Bom bom é que ainda aí vêm mais férias, esperemos que o tempo ajude.

Bom Fim de Semana!


13 de setembro de 2016

5 ANOS!



13 de Setembro de 2011, 3.35h da manhã. 
Fizeste de mim mãe há 5 anos e há 5 anos que fizeste nascer em mim o maior amor que alguma vez pensei sentir. 
Estás a crescer demasiado depressa, e a querer ser crescida quando eu ainda preciso de ti pequenina. Mostras-me sempre que todas as fases são calmas e que os meus receios afinal eram infundados. 

Continuas a não te dar a conhecer aos outros e são precisos uns bons minutos para te libertares e seres tu quando estás em sítios que não são os teus, continuas a não comer como eu gostaria que comesses, mas a verdade é que comes de tudo, há lá coisa melhor!...não, não me consigo queixar de ti, mesmo que tente, não há nada para me queixar, és tão fácil e doce como as princesas que tanto veneras. Bem, podias não gostar tanto de cor-de-rosa, e de brilhantes, e de vestidos cheios de roda, mas ainda assim...não, não me consigo queixar de ti, mesmo que tente...

Parabéns meu amor mais lindo, amo-te tanto!

7 de setembro de 2016

QUERIDO MINHO


Quando surgiu a oportunidade de passarmos uns dias só os dois nem pensámos duas vezes, ou melhor, até pensámos, porque era a primeira vez que íamos ficar longe, os dois, mais de 24 horas! Mas, ao contrário do que esperei, até que conseguimos desconectar e deixar de estar sempre a pensar nos miúdos, sabe bem, tão bem, que já só pensamos em repetir. 

O Hotel Minho é tudo o que já tinha ouvido falar. Considerado um dos mais bonitos e bem decorados hotéis de Portugal por algumas conceituadas revistas internacionais da área. 
Com uma decoração que nos reporta ao meio do século xx e aos Países Nórdicos, tal como eu gosto! Mobiliário vintage, misturado com pormenores minimalistas e estruturais, no seguimento de uma tendência de Design Hotel.
O Spa é perfeito, cheio de luz exterior, muita madeira e mármore, onde as uvas e o mel são os principais ingredientes usados nos vários tratamentos. Tivemos a oportunidade de experimentar a esfoliação corporal de grainhas de uva seguida pela massagem com cremes que têm por base as uvas e o mel. O restante relaxe é feito com chá que pode ser bebido no exterior, em espreguiçadeiras colocadas isoladas sobre a arquitetura, ou no interior, em salas rigorosamente decoradas. 
Acho que não vou parar de falar na decoração, porque trazia metade dela para casa se pudesse!! Mas não é só isso que este Hotel tem de bom,  a sinalética é qualquer coisa, das melhores que já vi num hotel, o staff é mesmo simpático e existe imensa luz exterior em todas as divisões, coisa essencial para me sentir bem num espaço.

O único senão é não ter ainda refeitório para almoços e jantares, e apenas zona para o pequeno almoço, que, by the way, é delicioso e muito variado. 

Depois há Vila Nova de Cerveira mesmo ali à porta, que é só das minhas vilas preferidas de Portugal. Tinha exposto uma vez na Bienal e tinha ido uma outra vez apenas como visitante da mesma, mas já estava com saudades, principalmente de viver a Vila que transpira Arte e Cultura por todos os cantos. Além disso tem o rio, muito convidativo para o treinos ao ar livre, com uma ecopista que percorre 36km e chega mesmo a passar a fronteira, passeios de barco, campos desportivos e entretenimentos para os mais novos.

Não me vou prolongar mais, para quem aprecia decoração e design as imagens acima acho que já abrem um pouco a curiosidade. 
Foram uns dias maravilhosos e voltava já, porque vir embora também é mesmo bom!!